quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

«O Porto é uma Nação»


O Norte de Portugal, com o Porto como eixo absoluto e identificador, é de facto muito diferente do Sul e principalmente de Lisboa.
A minha ida ao Porto teve um interesse primordial: descobrir as diferenças, apesar do país tão pequeno como este, existem e são profundas, mas são mais que saudáveis e bem-vindas. Deve ser por isso que a Casa da Música tem um painel a dizer Norte num dos átrios principais. Não confundamos nunca Lisboa com o Porto, porque de facto em nada são semelhantes e esta rivalidade que existe é, até certo ponto, bastante saudável.
Gostei do Porto, apesar de alguma decadência e degradação (é urgente reabilitar algumas zonas), gostei do Porto principalmente pelas diferenças e por gerar uma identificação própria única que não se vê em mais lado nenhum.
Provavelmente uma identificação que existe em Lisboa, mas eu, alfacinha de alma e coração, sou incapaz de percepcioná-la.
Gostei de uma cor dourada e acinzentada, de um sotaque carregado de simpatia, de um modo simples e admirável de ser português. Foi a terceira vez que fui ao Porto e desta foi para gostar.

5 comentários:

Mo disse...

tenho uma fotografia igualzinha a esta :D pensei que "norte" aqui significasse ala norte da casa da música :P de outro modo parece-me mais uma daquelas manifestações de complexos de "segunda cidade do país" tipicos das gentes do norte..ora bolas agora é que tudo se complicou :P

adoro a cidade do porto, apetecia-me lavar aquelas fachadas tão bonitas e tão feias. tenho descendência directa do porto, o porto é uma mistura de parolos da aldeia com gente fina da cidade, este balançar entre extremos, acho que é daqui que nasce a identidade portuguesa, pro melhor e pro pior :P

Martini disse...

Olá Mo
Provavelmente o "norte" significa realmente o norte da casa, mas diz lá se não é para por em dúvida?
A minha mente rebuscada traduziu aquele norte como identificação regionalista. Criticavel, sim (não se vê em lisboa no CCB ou na Gulbenkian uma tela a dizer SUL ou Lisboa), mas ainda assim, admiro essa identificação e não a condeno!

Acho que o centro do porto precisava de uma reabilitação à seria! Esta tao degradado... pior que Lisboa. O centro do porto faz-me lembrar a Rua dos Fanqueiros. eheh enfim, mas de resto é muito bonito!
Fiquei com vontade de voltar.

Cristina disse...

Terceira vez no Porto....hummm...parece-me que te estás a esquecer de uma visita, realizada «em tempos ídolos», de uma menina tão chateada com a paisagem da estrada do Porto a Crestuma, bordejando o rio, que acabou por adormecer.

Martini disse...

Cristi, então e não é? Tou a contar com essa, com a do ano passado e com esta! O que está mal afinal? :)

Marta disse...

Porto só pode ser apreciada por alguém que não vá com pretenciosismos, e que os receba como os portuenses nos recebem a nós de braços abertos e com uma fantástica cidade... Apesar da minha casa ser Lisboa, o Porto conquistou-me e passou a ser 2ª casa...